A Arte de Pregoar

Cíntia Cândido e Nathália Moraes

Ao falar em publicidade nem todos se lembram, ou dão a devida importância, à uma forma muito popular, eficaz e antiga de anunciar: o pregão. Através de rimas, versos, músicas e gestos, os camelôs disputam a atenção de possíveis clientes e tentam de várias maneiras vender seus produtos.


Com muita irreverência e criatividade os pregoeiros vêm se multiplicando ao passar dos anos. Usando frases conhecidas como “Moça bonita não paga, mas também não leva!” ou até mesmo “Chumbinho mata o rato, seca o rato, coitado do rato!” atraem os olhares mais distraídos e fazem de simples anúncios verdadeiros shows.


Não pode se negar que se tratam de verdadeiros publicitários que nunca frequentaram a faculdade e tantas vezes nem mesmo a escola, mas que conseguem com simplicidade atingir seu objetivo maior que é vender.

O trabalho dos pregoeiros está presente em todo Brasil. Em lugares como São Luis do Maranhão, por exemplo, essa prática é muito forte e reconhecida como parte da cultura local sendo constantemente tema de trabalhos escolares. Os camelôs também fazem parte da rotina dos moradores de Niterói, logo ao amanhecer, nos arredores das barcas ,podemos ouvir pregões de várias formas. São bolsas, barras de chocolate e café da manhã que são anunciados e clientes que são disputados literalmente “no grito”. Dentre tantas ofertas uma chama muito a atenção. Um vendedor de balas que incansavelmente anuncia “Bala Halls, Bala Halls ! Duas por um rêu!”. Entretanto, o que chama atenção não é seu português “errado”, mas seu carisma que faz com que a modesta barraca seja a mais movimentada e sua força de vontade, e também necessidade, que o faz estar de pé e trabalhando às 6h com uma disposição invejável.


Fatos como esse só confirmam que nessa forma tão antiga de publicidade a criatividade,  o carisma e o bom humor  são as principais características que fazem da mais simples forma de anunciar  uma arte, a arte de pregoar.

c1

O camelô Hamilton mostra produtos a cliente na Rua 25 de Março, Centro de São Paulo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: